Deprecated: mysql_connect(): The mysql extension is deprecated and will be removed in the future: use mysqli or PDO instead in /home/alentejo/public_html/inc/funcoes.php on line 7
alentejoNET - Maestro «mais antigo do mundo» dirige concerto em Santiago
alentejo.NET - a internet do Alentejo: Beja, Évora, Portalgre, LItoral Alentejano

Cultura

Festival Terras sem Sombra

Maestro «mais antigo do mundo» dirige concerto em Santiago

2016-04-04 15:39:02

O maestro «mais antigo do mundo», o italiano Alberto Zedda, de 88 anos, «fenómeno da natureza e exemplo de dedicação à ópera», dirigiu, no sábado à noite, em Santiago do Cacém, o terceiro concerto do Festival Terras sem Sombra.



O concerto "Petite Messe Solennelle", realizado na igreja matriz de Santiago do Cacém, divulgou hoje o Departamento do Património Histórico e Artístico (DPHA) da Diocese de Beja, que promove o festival.

No concerto, a "surpreendente" obra "Petite Messe Solennelle", do compositor italiano Gioachino Rossini, vai ser interpretada por "quatro notáveis solistas", a soprano Isabella Gaudi, a meio-soprano Cecilia Molinari, o tenor Sunnyboy Dladl e o barítono Pablo Ruiz, pelo Coro de Cámara de El Molino e pelos músicos Ruben Sánchez-Vieco e Josu Okiñena ao piano e ao harmónio.

Antigo diretor musical do Teatro alla Scala, na cidade italiana de Milão, Alberto Zedda, "considerado o grande maestro de tudo o que diz respeito à produção rossiniana", "desenvolveu uma intensa atividade operística nas principais salas do mundo" e gravou um "vasto conjunto" de discos de música sinfónica, de câmara e ópera.

Alberto Zedda, que, atualmente, é diretor artístico do Rossini Opera Festival e dirige a Academia Rossiniana, na cidade italiana de Pesaro, dedica parte do seu tempo à atividade musicológica, realizando edições críticas de óperas, oratórias e cantatas, com particular incidência nas de Rossini.

No âmbito do seu programa de preservação da biodiversidade, o festival promoveu no domingo, a partir das 10:00, a ação "De Santiago do Cacém a Santiago de Compostela - Conhecer, Salvaguardar e Valorizar o Caminho Português no Sudoeste".

A ação, inclui um percurso de cerca de cinco quilómetros entre a igreja matriz de Santiago do Cacém e as ruínas do convento franciscano de Nossa Senhora do Loreto, traçando uma etapa da Rota Vicentina que acompanha o caminho histórico de Santiago de Compostela.

O 12.º Festival de Música Sacra do Baixo Alentejo - Terras sem Sombra, sob o título "Torna-Viagem: o Brasil, a África e a Europa (Da Idade Média ao Século XX)", decorre até 02 de julho com oito concertos em igrejas do Alentejo, ações associadas à biodiversidade alentejana nas manhãs dos dias a seguir aos espetáculos e a cerimónia de entrega do Prémio Internacional Terras sem Sombra 2016.

Em termos musicais, o festival deste ano pretende "fazer o triângulo atlântico - África, Brasil e Europa - por onde circularam e circulam tradições musicais que se influenciam", disse à Lusa o diretor-geral do Terras sem Sombra, José António Falcão.

Outras Notícias nesta secção

Publicidade