Deprecated: mysql_connect(): The mysql extension is deprecated and will be removed in the future: use mysqli or PDO instead in /home/alentejo/public_html/inc/funcoes.php on line 7
alentejoNET - Festival Terras Sem Sombra começa em Almodôvar.
alentejo.NET - a internet do Alentejo: Beja, Évora, Portalgre, LItoral Alentejano

Cultura

Este sábado

Festival Terras Sem Sombra começa em Almodôvar.

2016-02-23 16:04:11

O Festival Terras Sem Sombra (FTSS), dedicado à música sacra e à biodiversidade do Baixo Alentejo, começa com uma “trilogia mágica” com a Orquestra Barroca Divino Sospiro, este sábado, na matriz de Almodôvar.



“‘Como as Árvores na Primavera: Avison, Avondano, García Fajer’, é o título do concerto de abertura, que reúne a ‘lusitaníssima’ orquestra barroca Divino Sospiro, sob a batuta de Massimo Mazzeo, e duas sopranos portuguesas, que triunfam nos palcos internacionais, Bárbara Barradas e Joana Seara”, explica um comunicado enviado à Agência ECCLESIA.

O Departamento do Património Histórico e Artístico da Diocese de Beja destaca que o concerto, lembrando a “tradição italianizante”, vai estabelecer um “triângulo cheio de virtuosismo” entre um mestre inglês, outro português e outro espanhol.

Segundo a organização, a abertura do FTSS, às 21h30 deste sábado, vai realizar-se “no espaço sumptuoso de uma obra-prima da arquitetura alentejana”, a igreja de Santo Ildefonso, a matriz da vila de Almodôvar, que vai ser apresentada pelo diretor-geral do evento, o historiador José António Falcão.

O comunicado assinala ainda que o diretor artístico do Festival ‘Terras sem Sombra’, o crítico de música Juan Ángel Vela del Campo, “enfrenta”, com um começo de “suma elegância”, o passo prévio para a “grande viagem” artística que o festival desenha em 2016 e tem como país convidado, o Brasil.

O Festival ‘Terras Sem Sombra’ dedica-se também à promoção e defesa da biodiversidade do Baixo Alentejo e, nesta iniciativa, promovida em parceria com o município local, vão ‘No Fio da Navalha: Conciliar o Montado com a Agricultura e a Pastorícia’, na manhã deste domingo, dia 28 de fevereiro.

Neste contexto, artistas, espetadores e membros das comunidades locais vão “arregaçar as mangas”, às 10h00, com o objetivo de contribuir para a valorização do montado português, em colaboração com o Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas.

“Uma sessão prática de demonstração do método que se deve aplicar na poda de quercíneas [sobreiros, azinheiras e carvalhos]. A atividade visa a intervenção num projeto de arborização jovem, permitindo compreender a essência da engenharia florestal, avaliar densidades de povoamento, medir árvores e executar podas de formação”, desenvolve o comunicado.

“Isto representa uma importante oportunidade para conhecer o património natural e cultural desta região, que apresenta alguns dos mais altos índices de preservação da Europa do Sul”, acrescenta o Departamento do Património Histórico e Artístico da Diocese de Beja.

A 12.ª edição do FTSS, que nasceu em 2003, tem como título «Torna-Viagem: o Brasil, a África e a Europa (Da Idade Média ao Século XX)» e, depois de Almodôvar, este sábado, percorre mais sete municípios - Sines, Santiago do Cacém, Ferreira do Alentejo, Odemira, Serpa, Castro Verde e Beja - até 02 de julho.

Outras Notícias nesta secção

Publicidade